Vídeo que circula no whatsapp de animal que come cadáveres e grita como humano é fake.

São Mateus- Es

O Vídeo de 15 segundos está sendo divulgado amplamente pelo o Whatsapp. A nossa informação foi baseada na notícia de O Globo

Você já deve ter recebido em seu grupo ou através de um amigo o vídeo de 15 segundos desse animal chamado wigu, mostrado acima, que vive em cemitérios árabes se alimentando de cadáveres e ao sentir a aproximação de uma pessoa emite um grito semelhante ao humano, pois bem, depois de algumas pesquisas encontramos uma matéria de O Globo que desmascara a informação.

O Jornal entrevistou especialistas no assunto leia um trecho da Reportagem:

Doutor em ciências pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP), e em geociências pela Eberhard Karls Universität Tübingen, da Alemanha, Gabriel de Souza Ferreira diz que o animal mostrado no vídeo é uma “alligator snapping turtle”, tartaruga-aligátor ou tartaruga mordedora aligátor (cujo nome científico é Macrochelys temminckii).

O animal mostrado no vídeo é uma tartaruga. A pesquisa de imagem reversa remete à tartaruga-aligátor, uma espécie de animal de água doce que vive principalmente nos Estados Unidos e no México.

“Ela é uma tartaruga bastante agressiva. Tem alguns vídeos bastante interessantes no YouTube, mas não emite nenhum som especial, não. Com certeza nada parecido com um humano”, diz Ferreira.

O professor Edris Queiroz, do Instituto de Biologia Marinha e Meio Ambiente, também reforça que o animal é uma tartaruga-aligátor e que o grito é “mentiroso”. “Elas sempre abrem a boca, mas fazem muito pouco barulho”, afirma.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: