Polícia Ambiental flagra caminhão despejando dejetos na restinga em Guriri

Foto flagrante Policia Militar Ambiental

O Balneário de Guriri é um dos lugares mais bonitos de São Mateus, local que precisa ser preservado. Mas infelizmente nem todo mundo pensa dessa forma. Na tarde desta segunda-feira a Polícia Ambiental flagrou o motorista de um caminhão despejando desejos, recolhidos de várias residências, na restinga da praia.

Flagrante: foto PM Ambiental

Os policiais detiveram o condutor e apreenderam o caminhão limpa fossa.

No local utilizado para descarte, em meio à vegetação de restinga, existia uma grande quantidade de dejetos oriundos do esgoto de residências e o mau cheiro era intenso. A 3ª Companhia Ambiental quanto o IEMA (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) já haviam recebido diversas denúncias da população relatando que caminhões que prestavam o serviço de “limpa fossa” estariam despejando os resíduos provenientes da atividade nas restingas da região, porém, os policiais não haviam conseguido flagrar o crime, nem identificar o autor.

O condutor do caminhão e autor do crime foi detido e encaminhado ao DPJ de São Mateus para ser responsabilizado pelos crimes ambientais cometidos e o caminhão foi apreendido e interditado pelo IEMA.

O Comandante da Terceira Companhia de Polícia Militar Ambiental, Capitão Fabrício Pereira Rocha, alerta que o descarte inadequado de efluentes, quando não passam pelo devido tratamento, pode ser extremamente perigoso. “Os dejetos humanos contem uma alta quantidade de microorganismos nocivos à saúde que, ao serem liberados na natureza podem causar: a contaminação do solo, prejudicando as plantações; a destruição da fauna aquática e ribeirinha; a inutilização dos lençóis freáticos e das fontes de água potável; e causar doenças, como a diarreia, a gastroenterite e outras infecções na população”, relata o oficial.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: